Posted by
Posted in

Senhoras e senhores..   Eu, a manivela, a Bailarina e a melodia éramos invejadas pelo ansioso público. Cada um auxiliava no esplendor da Bailarina nas vitrines, onde sua graça era exibida aos catarinenses. Hoje, a equipe encontra-se reduzida ao esquecimento. O tempo correu e nós ficamos para trás. O envelhecimento chegou e fez sua morada. Meu corpo constitui-se de […]

Poema/poesia: As 10 coisas que Eu Odeio em Você
Posted by
Posted in

Poema/poesia: As 10 coisas que Eu Odeio em Você

As 10 Coisas que Eu Odeio em Você: Eu odeio a forma de como caminha Andando a passos firmes, decididos Odeio a forma que sorri Um sorriso doce, inocente Odeio o modo que fala O jeito como cada sílaba se molda em seus lábios Odeio o som da sua voz O modo como cada palavra […]

Conto I Desanuviando o fosco
Posted by
Posted in

Conto I Desanuviando o fosco

Desanuviando o fosco:  Sou artista. Sinto as consequências das minhas criações. Não há um instante em que não sinto a bela complexidade do universo e as contrariedades dos humanos. A arte que há em mim não é efêmera- o próprio tempo não é capaz de me apagar. Antes da existência dele, eu já estava. O […]

Conto I Será mesmo?
Posted by
Posted in

Conto I Será mesmo?

Será mesmo?    Interligo o passado de sonhos ao presente repleto de saldos negativos. A criança que ansiava iniciar um voo a partir de mim trocou-me quando adulto pelo místico do dinheiro. As asas se transformaram junto com a ganância, creio eu.   Nunca utilizei a força física para atraí-los. A minha força está na fragilidade. […]

Resenha: Morte Súbita, de JK Rowling
Posted by
Posted in

Resenha: Morte Súbita, de JK Rowling

O número de pessoas vivendo na pobreza no Brasil aumentará entre 2,5 milhões e 3,6 milhões até o fim deste ano, segundo o estudo inédito do Banco Mundial. […] Denominados de “novos pobres” pela instituição-internacional…  ->Fonte   O estudo divulgado pelo “O Globo” remete-me ao livro de hoje: Morte Súbita. ≈ A história:   A morte […]

Conto I  A sua marca em mim
Posted by
Posted in

Conto I A sua marca em mim

 A SUA MARCA EM MIM:     Contava à você as peripécias dos vilões, as ‘libertinagens’ dos heróis e as mortes daqueles que precisavam partir. Cada cena era narrada com a entonação apropriada. Balancei inúmeras vezes os seus sentimentos: Você ria de mim e ficava brava. Porém, mesmo me abandonando por horas na sua prateleira […]

Resenha: Senhora, de José de Alencar
Posted by
Posted in

Resenha: Senhora, de José de Alencar

     A reportagem, mais especificamente o trecho acima propiciou diversas piadas nas redes sociais por conta da ironia da “Senhora”.  Aurélia Camargo, a Senhora do livro também é a principal responsável pelas contradições existentes no livro.   Afinal, como já dizia Renato Russo: Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas […]

Resenha: O morro dos ventos uivantes
Posted by
Posted in

Resenha: O morro dos ventos uivantes

  Este breve poema acima encaixa-se ironicamente ao clássico livro de Emily Brontë, O morro dos ventos uivantes. O porquê será explicado no decorrer da resenha.  No inicio do século 19, em 1801, o Sr Lockwood decide visitar o proprietário da casa que alugou para sua estadia. Ele choca-se com a rispidez com que é […]

Resenha: Dom Casmurro I TRAIU OU NÃO TRAIU?
Posted by
Posted in

Resenha: Dom Casmurro I TRAIU OU NÃO TRAIU?

Você já ouviu falar de Dom Casmurro, se não pelo “Capitu traiu ou não Bentinho” pelos Olhos de cigana oblíquia e dissimulada/de ressaca da Capitu. Eis o que posso dizer da história: (sem spoilers) Bento Santiago, um senhor advogado de 54 anos bem apessoado financeiramente escreve para matar o tempo, recordando-se de sua juventude. Como […]

Happy end? I The Greatest Married (Amor e Casamento-> Netflix)
Posted by
Posted in

Happy end? I The Greatest Married (Amor e Casamento-> Netflix)

História: (16 episódios) Cha Ki Young é a âncora do jornal das nove, um exemplo para as jovens sul coreanas. Sendo considerada uma musa, tem um ótimo emprego aos seus 35 anos mas,…Deseja ser mãe. É onde as coisas começam a enrolar-se num emaranhado mexicano. Para os sul-coreanos (e não são só os da série) […]