Posted by
Posted in

Senhoras e senhores..   Eu, a manivela, a Bailarina e a melodia éramos invejadas pelo ansioso público. Cada um auxiliava no esplendor da Bailarina nas vitrines, onde sua graça era exibida aos catarinenses. Hoje, a equipe encontra-se reduzida ao esquecimento. O tempo correu e nós ficamos para trás. O envelhecimento chegou e fez sua morada. Meu corpo constitui-se de […]

Conto I Será mesmo?
Posted by
Posted in

Conto I Será mesmo?

Será mesmo?    Interligo o passado de sonhos ao presente repleto de saldos negativos. A criança que ansiava iniciar um voo a partir de mim trocou-me quando adulto pelo místico do dinheiro. As asas se transformaram junto com a ganância, creio eu.   Nunca utilizei a força física para atraí-los. A minha força está na fragilidade. […]

Conto I  A sua marca em mim
Posted by
Posted in

Conto I A sua marca em mim

 A SUA MARCA EM MIM:     Contava à você as peripécias dos vilões, as ‘libertinagens’ dos heróis e as mortes daqueles que precisavam partir. Cada cena era narrada com a entonação apropriada. Balancei inúmeras vezes os seus sentimentos: Você ria de mim e ficava brava. Porém, mesmo me abandonando por horas na sua prateleira […]