CONTOI Talvez
Posted by
Posted in

CONTOI Talvez

Talvez  Sempre possuí um borrão. A versão distorcida de uma garota. Me acostumei a vislumbra-lá todas as noites, encarando o céu e sentando na areia. A nossa relação era preenchida por “nãos” : Não podia entender a complexidade de seu olhar, ou por que sempre me trazia lágrimas. Porém, havia poucos momentos em que ela […]

One-Shot: Noite.
Posted by
Posted in

One-Shot: Noite.

  NOITE Numa rua qualquer, em lugar nenhum, estranhos esperam.Não se sabe ao certo o quê. Apenas permanecem imóveis, encarando o céu estrelado com certa irritação.  Se olharmos bem para elas, enxergaremos o que são. Completos estranhos. Mas, ainda assim, perplexos ao verem a presença do Louco, dão espaço para ele passar.  Eles não dizem em […]