Resenha I Olhai os lírios do campo
Posted by
Posted in

Resenha I Olhai os lírios do campo

“Uma revolução pode mudar um sistema de governo, mas não conseguirá melhorar a natureza do homem.“ Um telefonema revela o iceberg que é a vida de Eugênio. Pois, ele detesta Eunice, sua casa, o emprego e o passado. Além disto, a consciência lhe pesa: Quantas atitudes suas não magoaram as pessoas que amava? Perplexo consigo mesmo, […]

Resenha I Secretly, Greatly
Posted by
Posted in

Resenha I Secretly, Greatly

Alert sofrência  Eu digo: Coreia do Norte, soldados de elite. O que lhes vêm em mente? Indivíduos robóticos sem quaisquer sentimentos que não sejam amor à pátria? Talvez vocês estejam certos.  Observem a praça das suas cidades. Há um moço paspalhão nela, desempregado, incomodado até mesmo pelas crianças? Pois bem, este sujeito é um soldado […]

CONTO I Alecrim Dourado
Posted by
Posted in

CONTO I Alecrim Dourado

ALECRIM DOURADO A disenteria e os mortos são multiplicados pela chuva incessante. Contudo, ninguém os percebe estirados nas calçadas.  Nenhum choro ou flor é derramado por eles. Pois, os humanos comemoram o fim da desigualdade social, da fome. Contemplo os jatos cortando nuvens pela vidraça, enquanto a enchente prossegue seu curso, trazendo consigo conterrâneos meus. […]

Conto I Desanuviando o fosco
Posted by
Posted in

Conto I Desanuviando o fosco

Desanuviando o fosco:  Sou artista. Sinto as consequências das minhas criações. Não há um instante em que não sinto a bela complexidade do universo e as contrariedades dos humanos. A arte que há em mim não é efêmera- o próprio tempo não é capaz de me apagar. Antes da existência dele, eu já estava. O […]

Conto I Será mesmo?
Posted by
Posted in

Conto I Será mesmo?

Será mesmo?    Interligo o passado de sonhos ao presente repleto de saldos negativos. A criança que ansiava iniciar um voo a partir de mim trocou-me quando adulto pelo místico do dinheiro. As asas se transformaram junto com a ganância, creio eu.   Nunca utilizei a força física para atraí-los. A minha força está na fragilidade. […]

Resenha: Senhora, de José de Alencar
Posted by
Posted in

Resenha: Senhora, de José de Alencar

     A reportagem, mais especificamente o trecho acima propiciou diversas piadas nas redes sociais por conta da ironia da “Senhora”.  Aurélia Camargo, a Senhora do livro também é a principal responsável pelas contradições existentes no livro.   Afinal, como já dizia Renato Russo: Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas […]

Resenha: O morro dos ventos uivantes
Posted by
Posted in

Resenha: O morro dos ventos uivantes

  Este breve poema acima encaixa-se ironicamente ao clássico livro de Emily Brontë, O morro dos ventos uivantes. O porquê será explicado no decorrer da resenha.  No inicio do século 19, em 1801, o Sr Lockwood decide visitar o proprietário da casa que alugou para sua estadia. Ele choca-se com a rispidez com que é […]

Resenha: Dom Casmurro I TRAIU OU NÃO TRAIU?
Posted by
Posted in

Resenha: Dom Casmurro I TRAIU OU NÃO TRAIU?

Você já ouviu falar de Dom Casmurro, se não pelo “Capitu traiu ou não Bentinho” pelos Olhos de cigana oblíquia e dissimulada/de ressaca da Capitu. Eis o que posso dizer da história: (sem spoilers) Bento Santiago, um senhor advogado de 54 anos bem apessoado financeiramente escreve para matar o tempo, recordando-se de sua juventude. Como […]

Happy end? I The Greatest Married (Amor e Casamento-> Netflix)
Posted by
Posted in

Happy end? I The Greatest Married (Amor e Casamento-> Netflix)

História: (16 episódios) Cha Ki Young é a âncora do jornal das nove, um exemplo para as jovens sul coreanas. Sendo considerada uma musa, tem um ótimo emprego aos seus 35 anos mas,…Deseja ser mãe. É onde as coisas começam a enrolar-se num emaranhado mexicano. Para os sul-coreanos (e não são só os da série) […]

Resenha dulpa (ou quase isso): “O lado bom da vida” e “Cidade do sol”
Posted by
Posted in

Resenha dulpa (ou quase isso): “O lado bom da vida” e “Cidade do sol”

De Cabul (Afeganistão) devastado pelas intermináveis guerras, à Nova Jersey com fanáticos por Eagles, o mês de Abril reservou-me muitas surpresas. A primeira dela: Os livros se completam. No entanto, antes de saberem o porquê, vamos para as respectivas histórias: O lado bom da vida: (Matthew Quick)  Patrick, nosso protagonista de 30 anos, passou um […]