Conto I Alternativa
Posted by
Posted in

Conto I Alternativa

1º  ALTERNATIVA  Ao longo dos anos, as palavras são carregadas pelo vento. Pois, pouquíssimas dispõem da verdade como base. Sou o contexto delas. É a mim que se referem os humanos em suas teses e obras artísticas. Somos todos famigerados; Destino, Caixinha de música e até mesmo o Balanço! Porém, onde está a nossa união? […]

Conto I Conectados
Posted by
Posted in

Conto I Conectados

Conectados    Refiro-me aos seres que enxergam, mas não veem um milímetro em sua frente. Asconcepções deles sobre o que lhes cercam não são plausíveis, muitas das vezes. Cerca de três ou quatro concepções dão-me fôlego, diminuindo o percurso pelas trilhas em que os conduzo. Ou seja, eles é que não são favoráveis comigo, Tempo.Recebi objetivos […]

ContoI P R O G R E S S O
Posted by
Posted in

ContoI P R O G R E S S O

P R O G R E S S O    O plural me fascina. Não há insistência nele para que o três encaixe-se em seis. Ele engloba um turbilhão respeitando as plausíveis extravagâncias de cada átomo. Isto me inspira em nosso atual projeto, que de muito se correlaciona com nosso trabalho. Não somos remunerados ou […]

Conto I Desanuviando o fosco
Posted by
Posted in

Conto I Desanuviando o fosco

Desanuviando o fosco:  Sou artista. Sinto as consequências das minhas criações. Não há um instante em que não sinto a bela complexidade do universo e as contrariedades dos humanos. A arte que há em mim não é efêmera- o próprio tempo não é capaz de me apagar. Antes da existência dele, eu já estava. O […]

Conto I Será mesmo?
Posted by
Posted in

Conto I Será mesmo?

Será mesmo?    Interligo o passado de sonhos ao presente repleto de saldos negativos. A criança que ansiava iniciar um voo a partir de mim trocou-me quando adulto pelo místico do dinheiro. As asas se transformaram junto com a ganância, creio eu.   Nunca utilizei a força física para atraí-los. A minha força está na fragilidade. […]

Conto I O começo de mim
Posted by
Posted in

Conto I O começo de mim

O começo de mim   Carrego o peso das estrelas em meu olhar. As abandonei por inúmeras noites, trocando-as pela companhia do silêncio. Porém, hoje elas me traíram, arrastando-me para este lugar. Aqui, sou turista do mundo.    O vento arrumou o cabelo fixado com spray, tornando-o sua obra prima. O balanço me convidou a regressar […]

Conto I  A sua marca em mim
Posted by
Posted in

Conto I A sua marca em mim

 A SUA MARCA EM MIM:     Contava à você as peripécias dos vilões, as ‘libertinagens’ dos heróis e as mortes daqueles que precisavam partir. Cada cena era narrada com a entonação apropriada. Balancei inúmeras vezes os seus sentimentos: Você ria de mim e ficava brava. Porém, mesmo me abandonando por horas na sua prateleira […]

Conto  I Querida √x = ♥
Posted by
Posted in

Conto I Querida √x = ♥

  Querida √x= ♥ Em um quarto verde-limão esperançoso cujo mesinha de centro é repleta de livros: Uma garota aconchegou-se ao seu cobertor para esquentar o corpo e, posteriormente sua mente. Ela reinventava cálculos com raízes quadradas -operações como √x= ♥, cujo “x” representa um sujeito em forma de algarismo que dificilmente é encontrado em um […]

A força do hábito I Conto
Posted by
Posted in

A força do hábito I Conto

A FORÇA DO HÁBITO Pizza. Antes aos gráficos e inúmeras contas matemáticas. Agora, nada. E o problema não é o instante em que ligo a palavra a algo. É o que faço, fujo das dívidas. Totalmente fora do equilibrado matemático. Nesse processo, conheci as Antilhas, desventurei-me no sol solitário do Oriente Médio. Em cada parada, as […]

ContoITalvez em outro planeta
Posted by
Posted in

ContoITalvez em outro planeta

Talvez em outro planeta   Há quem goste de chuva. Vários gansos passam horas imersas nelas. Porém, a nossa espécie em geral a detesta. No início, assim como outros porcos, eu não tinha relação com a chuva. Ela era apenas água incessante do céu. Porém, agora será a única lembrança de meu amigo.    Toda […]