Conto I Conectados
Posted by
Posted in

Conto I Conectados

Conectados    Refiro-me aos seres que enxergam, mas não veem um milímetro em sua frente. Asconcepções deles sobre o que lhes cercam não são plausíveis, muitas das vezes. Cerca de três ou quatro concepções dão-me fôlego, diminuindo o percurso pelas trilhas em que os conduzo. Ou seja, eles é que não são favoráveis comigo, Tempo.Recebi objetivos […]

Posted by
Posted in

Senhoras e senhores..   Eu, a manivela, a Bailarina e a melodia éramos invejadas pelo ansioso público. Cada um auxiliava no esplendor da Bailarina nas vitrines, onde sua graça era exibida aos catarinenses. Hoje, a equipe encontra-se reduzida ao esquecimento. O tempo correu e nós ficamos para trás. O envelhecimento chegou e fez sua morada. Meu corpo constitui-se de […]

Poema/poesia: As 10 coisas que Eu Odeio em Você
Posted by
Posted in

Poema/poesia: As 10 coisas que Eu Odeio em Você

As 10 Coisas que Eu Odeio em Você: Eu odeio a forma de como caminha Andando a passos firmes, decididos Odeio a forma que sorri Um sorriso doce, inocente Odeio o modo que fala O jeito como cada sílaba se molda em seus lábios Odeio o som da sua voz O modo como cada palavra […]

ContoI P R O G R E S S O
Posted by
Posted in

ContoI P R O G R E S S O

P R O G R E S S O    O plural me fascina. Não há insistência nele para que o três encaixe-se em seis. Ele engloba um turbilhão respeitando as plausíveis extravagâncias de cada átomo. Isto me inspira em nosso atual projeto, que de muito se correlaciona com nosso trabalho. Não somos remunerados ou […]